Desigual

 

 

Eu queria ser comunista,

Eu queria ser contrabandista,

Ou estadista!

Eu queria ser gente educada,

Nada me foi permitido,

Minha infância e juventude

Foram truncadas,

Nada de escolas,

Nem esmolas,

Apenas a indiferença

Que fez desaparecer a crença;

Me contaram que no comunismo,

Havia conquistas,

Havia escolas,

Também esmolas,

Para quem queria: escola,

Para quem não queria: esmolas,

Para mim não havia escola,

Fugindo da esmola

Corri para a luta

Na busca da sobrevivência,

Adeus escola,

Adeus sonhos…

Que se transformaram

Em luta solitária

Nunca perdulária,

Sempre correndo atrás do sonho,

Uma caneta e um livro na mão

Um amor no coração,

Na solidão,

Nunca deixando a embarcação  naufragar

 

Singrando oceanos

desconhecidos

Não permitidos á prole de desenxavidos,

Se misturando

Não ao acaso

Mas ao conquistado

Chegando ao inesperado,

Sem nem saber como

Mas chegando,

Buscando,

Na luta desigual

Saindo vencedora

Sem igual.

Na eterna busca

No manancial de sonhos,

Naufragando algumas vezes,

Outras remando contra a correnteza,

Sem nunca deixar de ver a beleza,

Da natureza humana,

Também da desumana,

No palco da vida,

Sempre em cena,

Sempre na essência do sentimento,

Elevando o momento

Ao sacramento,

Sem fugir à luta,

No comando da batuta

Sendo sempre maioral

Ao menos na minha moral,

Ao meu ideal,

Na luta desigual

 

 

Nilza 06/03/2005

 

 

 

Anúncios

Sobre Nilza Rodrigues

Um ser em constante evolução, olhos no horizonte, cabeça nas estrelas, pé no chão, alguns empurrões ao abismo e venho fazendo a subida, ardua e longa, ainda me encontro enclausurada, mas chegará o dia que dele sairei gloriosa. Amante dos animais, natureza, humildes, grandes de alma, universo em evolução. Auto disciplina, estilo e humildade são meus caminhos na vida
Esse post foi publicado em Passatempo. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Desigual

  1. Shinheiru disse:

    ola mo gostei do seu blog . não te deram quase nada mas eu te ofereço o meu amor que é quase nada perto dessa canoa que vc está embarcado . um abraço e mil beijos .

  2. Nilza disse:

    Nada me deram e o que conquisto me tomam, mas eu conquisto outra vez, gostou da canoa?Obrigado pelo seu amor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s