Descontraindo

 

 

Que vida mais danada, é uma parada, viver neste mundo fundo, sem porteiras, quanto mais aprendemos, mais temos a aprender, quanto mais ensinamos mais temos a ensinar, quanto mais doamos mais querem em doação, não tem o que chega para invasores invadir nossa vida e depois quando pensam que já não precisam se escafedem, como pode as pessoas medíocres se fazem passar por grande coisas e as que são alguma coisa se encolhem e permitem que esse tipo de coisa aconteça, fazer o que se são intrusos e assim agem sem pudor, ao contrário de quem tem poder e não manifesta, não tem necessidade de manifestar, pois é tão óbvio sua condição pra si mesmo que não importa se outrem não vejam isso e assim vão tentando passar por cima, são merda e querem se fazer passar por mel, as vezes isso é irritante, quem pensam que enganam, comigo não, já ultrapassei essa faze de solidão, eu me basto estou comigo e sou a melhor pessoa para minha companhia, quem quiser achar que não é assim, azar o dele, pois vai comprar o que não preciso o que tenho de graça, das graças infinitas do universo do qual faço parte, do qual me integro e assim a companhia cósmica é minha aliada nada me faltando e as vezes dói isso, mas o que importa, se tentaram se vender procuraram a pessoa errada, aqui a prostituição não entra, não preciso, sou suficiente para não precisar dessas coisas, são tão passadas, tão elementar, que da até dó, quem pensam que enganam, a mim não jacaré.

 

 

Para mim bastam uma barraca na praia ou uma rede na varanda, minhas pernas são suficientes para me levar onde quero ou preciso, o consumismo na nescessidade, a beleza pura sem artificios que emana da essência da alma que somente os puros vislumbram, a contemplação da obra do criador eleva ao extase a vida nesta dimensão e somente alguns exemplares a dedo escolhidos e por merecimento, sentirão a vibração das energias cósmicas que está ai para quem quizer e merecer usufruir.

Anúncios

Sobre Nilza Rodrigues

Um ser em constante evolução, olhos no horizonte, cabeça nas estrelas, pé no chão, alguns empurrões ao abismo e venho fazendo a subida, ardua e longa, ainda me encontro enclausurada, mas chegará o dia que dele sairei gloriosa. Amante dos animais, natureza, humildes, grandes de alma, universo em evolução. Auto disciplina, estilo e humildade são meus caminhos na vida
Esse post foi publicado em Passatempo. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s