Duas decadas

Hoje completam duas decadas que fui lançada ao abismo por que deveria me amparar, me estender a mão,
O susto é tão grande, que ficamos zonzo sem nada entender, como isso pode acontecer
Enfrentei tempestades e furacões tentando a subida
Foram 10 anos onde  sem exito compreendi que sozinha não sairia daquilo,
Busquei ajuda e foram mais 10 anos de terapia, onde engoli cobras e lagartos
Me dei alta e ouvi da terapeuta que estaria colocando minha vida em risco,
Não aguentava mais o sistema de coisas e resolvi enfrentar sozinha,
A subida vem sendo ardua e longa
Mas posso dizer que com relativo sucesso
Hoje colho os frutos da semente do bem que lancei no solo de meu destino,
Entreguei a situação as leis do universo para poder sossegar
Aquela hoje CARA GORDA
ainda vai colher do fruto da semente do mal que lançou no solo de seu destino
Não venha então depois chorar
 
 
 
 
 
Anúncios

Sobre Nilza Rodrigues

Um ser em constante evolução, olhos no horizonte, cabeça nas estrelas, pé no chão, alguns empurrões ao abismo e venho fazendo a subida, ardua e longa, ainda me encontro enclausurada, mas chegará o dia que dele sairei gloriosa. Amante dos animais, natureza, humildes, grandes de alma, universo em evolução. Auto disciplina, estilo e humildade são meus caminhos na vida
Esse post foi publicado em Passatempo. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Duas decadas

  1. Ainda me encontro no abismo, fazendo a subida devagarinho e sempre, um dia saio dele

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s