Arquivo do mês: junho 2010

Trajetória de um coração volúvel

  Pré-adolescência efervescente, Pujança de amores, Os garotos da escola, Os irmãos da amiga, O rapaz da rua, Quantos amores, quantas paixões… Levadas ao vento, ou não… Presentes nas lembranças, Mais adiante, o rapaz do ônibus Qual bicho inocente, Se … Continuar lendo

Publicado em Passatempo | Deixe um comentário

Sem rumo

A felicidade bate à minha porta e deixo-a entrar, devagar, devagarinho meu coração vai se aquecendo e vou pensando em ter um amor assim casual, atual, sem nada que comprometa, amor assim sem rumo, sem prumo, para fazer o dia se … Continuar lendo

Publicado em Passatempo | Deixe um comentário