Me fizeram tanto mal

 

Me fizeram tanto mal, tentaram destruir minha vida,

Me infringiram obrigações que eram suas,

Na luta tudo me tirou,

Roubou minhas conquistas,

Roubou a companhia de meus familiares,

Roubou minha carreira,

Roubou o meu lar,

Me empurrou um monte de cães,

Os quais cuidei até o último momento, com total dedicação,

Abdiquei de minha vida por 18 anos,

Por 18 anos meus sonhos ficaram adormecidos,

Por 18 anos vivi a vida de cão,

Por 18 anos fui humilhada, espezinhada,

a minha dignidade, não conseguiram tirar

A duras penas a mantive

E hoje volto com meus sonhos para serem realizados,

Estavam todos guardados, congelados no éter.

Agora chegou a hora

E também a justiça foi plasmada no éter,

Daqui pra frente chegou a minha vez,

Tudo que sonhei terei

A semeadura foi feita,

Agora é só colher

E vamos nós.

 

Nilza 02/07/2010

Anúncios

Sobre Nilza Rodrigues

Um ser em constante evolução, olhos no horizonte, cabeça nas estrelas, pé no chão, alguns empurrões ao abismo e venho fazendo a subida, ardua e longa, ainda me encontro enclausurada, mas chegará o dia que dele sairei gloriosa. Amante dos animais, natureza, humildes, grandes de alma, universo em evolução. Auto disciplina, estilo e humildade são meus caminhos na vida
Esse post foi publicado em Organizações. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s