FÓSFORO

Cat Stevens

Meu amigo Helion Póvoa, do Rio de Janeiro, me enviou uma interessante série de links sobre Cat Stevens. Quem?, perguntarão os mais novos.

Cat Stevens, nascido em 1948, surgiu no final dos anos 60 como uma das mais originais vozes do folk-rock britânico. Filho de grego com sueca, compôs canções confessionais, onde muitas vezes transpareceu o desconforto de se sentir semi-estrangeiro, diferente e inquieto. Emplacou sucessos como Morning Has Broken, Wild World, Moonshadow, Peace Train, Lady D’Arbanville, Oh Very Young  e Father and Son, que tocaram bem até em rádios brasileiras. Seu estilo musical tem pontos em comum com artistas como Paul Simon, James Taylor, Donovan ou Van Morrison.

Em 1977 Stevens se converteu ao islamismo. Um choque para o mundo artístico ocidental. Se afastou (e foi afastado) da mídia,  virando uma espécie de lenda. Provavelmente só Cassius Clay causou impacto maior quando anunciou ao mundo que se tornara Muhammad…

Ver o post original 210 mais palavras

Anúncios

Sobre Nilza Rodrigues

Um ser em constante evolução, olhos no horizonte, cabeça nas estrelas, pé no chão, alguns empurrões ao abismo e venho fazendo a subida, ardua e longa, ainda me encontro enclausurada, mas chegará o dia que dele sairei gloriosa. Amante dos animais, natureza, humildes, grandes de alma, universo em evolução. Auto disciplina, estilo e humildade são meus caminhos na vida
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s