Livre

Livre como o vento

Livre como o vento

Panico, ao perceber que o que temia estava para acontecer, aconteceu ou não aconteceu,
Não sei?
Vi ou foi delírio, não sei,

A perseguição persegue,
Foi tudo perfeito, senti muito bem,
A esperança é grande,
Mas não sei se vi,
Queria não ter visto,
Mas infelizmente vi sim,
Inacreditável, o que virá pela frente,
Senti que diante da multidão o poder daqueles é menor,
Então porque martirizar?
Vamos recomeçar, vida nova daqui pra frente,
O passado é vivo, não será enterrado,
Mas o futuro me aguarda, cheio de espectativas,
Reserva um mundo de novas possibilidade e vou nessa,
Vou fortalecida,
O açoite me calejou,
Cabeça erguida, vida bandida,
Porém a bandida que não seja atrevida,
A minha educação ja calou a sua valentia,
Então…
Livre como o vento,
Na direção do futuro que me aguarda seguro,
Da tranquilidade a muito almejada,
Agora ao alcance das mãos,
Ja não é distante,
Ja ja será presente,
Um presente iluminado,
Presenteado por mim mesma,
Então o sabor é de vitória,
Vitória,
Vitória…

Anúncios

Sobre Nilza Rodrigues

Um ser em constante evolução, olhos no horizonte, cabeça nas estrelas, pé no chão, alguns empurrões ao abismo e venho fazendo a subida, ardua e longa, ainda me encontro enclausurada, mas chegará o dia que dele sairei gloriosa. Amante dos animais, natureza, humildes, grandes de alma, universo em evolução. Auto disciplina, estilo e humildade são meus caminhos na vida
Esse post foi publicado em Passatempos e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s