Medo

Medo

Medo

Nesta vida em tudo sou prestativa aos outros,
Nesta vida venho levando porrada dos outros,
Sendo assim,
Aprendi a me virar sozinha,
Sozinha nas vitórias,
Sozinha nas derrotas,
Um sonho na iminência de realizar,
medo tomando conta,
Invadindo meu ser,
Tão perto de chegar,
Já chegou…
Tão difícil de alcançar,
Ao alcance das mãos
E o medo invadindo meu ser,
O que fazer???
Tantas vezes tenho chegado perto,
E tudo escoa pelo vão dos dedos,
Tudo se desvanesse,
Como se não houvesse merecimento,
Apogeu sempre tão curto,
E a glória acaba sendo dos outros,
Meu, apenas o ônus,
Basta nisso,
Não mais na minha vida,
Não mais, nunca mais,
Nunca mais mesmo…
Sonhei um anjo a me livrar das vicissitudes,
Hoje sei que esse sou eu mesma,
Quando nada mais encontra eco,
Ouço a batida do meu coração,
É por mim que ele pulsa,
Somente por mim…

Anúncios

Sobre Nilza Rodrigues

Um ser em constante evolução, olhos no horizonte, cabeça nas estrelas, pé no chão, alguns empurrões ao abismo e venho fazendo a subida, ardua e longa, ainda me encontro enclausurada, mas chegará o dia que dele sairei gloriosa. Amante dos animais, natureza, humildes, grandes de alma, universo em evolução. Auto disciplina, estilo e humildade são meus caminhos na vida
Esse post foi publicado em Passatempo. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s