Arquivo do autor:Nilza Rodrigues

Sobre Nilza Rodrigues

Um ser em constante evolução, olhos no horizonte, cabeça nas estrelas, pé no chão, alguns empurrões ao abismo e venho fazendo a subida, ardua e longa, ainda me encontro enclausurada, mas chegará o dia que dele sairei gloriosa. Amante dos animais, natureza, humildes, grandes de alma, universo em evolução. Auto disciplina, estilo e humildade são meus caminhos na vida

Coração vazio

  O coração está vazio, Não sente amor nem dor, Só o vazio, Não sente solidão, Não sente falta de nada,       Apenas constata A futilidade da humanidade, Se nega a compactuar Com tradições milenares Adaptadas a atualidade, Sabe que essas … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Vinte anos

  Em vinte anos um bebe se torna jovem, Mais vinte e teremos um adulto maduro, Com vinte adiante começa a decadência,       Quando nasce é só alegria,  Com os dias começa a dificuldade da criação, Com os anos vem à atribulação … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Sumir

Apareceu, sabe-se lá por que sumiu, disse que foi eu quem  sumiu, quis me ver pela câmera e ficou se exibindo, querendo me dar lição, que eu tenha bons equipamentos, saber quanto ganho, se tenho investimentos, de certo pensa que … Continuar lendo

Publicado em Passatempos | Marcado com , , | 1 Comentário

Reinar

Real Todos querem reinar, Mas são plebe, Então se contentam com circo, deem-lhe circo, carnaval, cachaça, futebol, Se sentem reinando, Extasiam com a glória alheia, Fogos e mais fogos, Extasiam com essa barbárie medieval, Não veem a beleza da natureza, … Continuar lendo

Publicado em Passatempos | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Sossegada

Sossego Uma vez ousei sonhar com a felicidade que parecia bater a porta, acreditei que aquilo pudesse ser verdade, pois a isso fui induzida, por  um crápula desprovido de culpa, sem medir a dimensão do estrago com as vidas em … Continuar lendo

Publicado em Passatempos | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Agua

Despedindo Minha SAMPA querida, lhe abandonei à 27 anos pelas circunstancia da vida, hoje entendo que talvez tenha sido o melhor para mim, embora os melhores anos de minha vida foram os trabalhados na SABESP…   Cantareira Quando terminaram com … Continuar lendo

Publicado em Passatempo | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Nostalgia

  3º ano de vida Este ser ainda habita em mim, Vai o tempo, vem o tempo, Esse ser habita em mim, Cresço, evoluo e este ser habita em mim, Eterna criança, Recusa-se a crescer, Quer ser sempre princesinha, Pode … Continuar lendo

Publicado em Passatempos | Marcado com , , | Deixe um comentário